Samuel L. Jackson morre em "Star Wars: Episódio 3"

Para Samuel L. Jackson, o fato de seu personagem, o jedi Mace Windu, morrer no novo episódio da série Guerra nas Estrelas não é motivo de tristeza. O ator diz ter gostado da maneira como o cavaleiro que interpreta morre, respeitando a promessa do diretor George Lucas, de dar-lhe uma morte gloriosa."É grandioso", disse Jackson sobre a cena da morte ao jornal San Francisco ChronicleGuerra nas Estrelas. "É uma grande luta com o sabre de luz que tem 102 movimentos e se passa em três salas", disse o ator sobre a cena de Guerra nas Estrelas: Episódio 3 - A Vingança de Sith, que estréia em maio.O terceiro e último filme da segunda trilogia criada por Lucas mostra o Jedi Anakyn Skywalker passando para o lado negro da força e tornando-se Darth Vader, o vilão da trilogia original.Agora, no entanto, Jackson está aproveitando o sucesso de Coach Carter, em que ele interpreta o personagem real de um professor de basquete que cancela os jogos porque os atletas estão indo mal nos estudos. O filme estreou no primeiro lugar as bilheterias, com US$ 23,6 milhões de ingressos vendidos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.