David Lee/AP
David Lee/AP

SAG Awards escolhe neste domingo os melhores do cinema

Premiação é conhecida por antecipar os escolhidos pela Academia do Oscar

Luiz Carlos Merten, O Estado de S.Paulo

28 Janeiro 2017 | 16h00

É a 23.ª edição do SAG Award. O prêmio do Screen Actors Guild, o Sindicato de Atores dos EUA, contempla interpretações em cinema e TV, filmes e séries. Ao longo dessas mais de duas décadas, não apenas o SAG Award, mas também os prêmios dos demais sindicatos acabaram por substituir o Globo de Ouro, da Associação dos Correspondentes Estrangeiros de Hollywood, como indicativos do Oscar. O SAG faz sua festa de premiação nesta noite, 29. Será apresentada no Brasil pelo TNT, a partir das 23h.

Quem levar o SAG Award tem boas chances de ganhar também o prêmio da Academia de Hollywood em 26 de fevereiro. Mas há um problema. Sendo um prêmio corporativo, o SAG destaca atores sindicalizados, preferencialmente norte-americanos. Isabelle Huppert ganhou o Globo de Ouro de atriz - por Elle, de Paul Verhoeven - e está indicada para o prêmio da Academia, mas seu nome não está entre as cinco finalistas do SAG. Na verdade, apenas três das cinco indicadas para o Oscar da categoria também estão no SAG - Emma Stone, por La La Land; Meryl Streep, por Florence - Quem É Essa Mulher?; e Natalie Portman, por Jackie. A elas, somam-se, na premiação do SAG, Amy Adams, por A Chegada, e Emily Blunt, por A Garota do Trem. No Oscar, são substituídas pela já citada Isabelle e por Ruth Negga, por Loving, marcando o retorno das afro-americanas à disputa.

Na categoria ator, os cinco indicados para o Oscar e o SAG são os mesmos - Andrew Garfield, por Até o Último Homem; Casey Affleck, por Manchester à Beira-Mar; Denzel Washington, Um Limite Entre Nós; Ryan Gosling, La La Land; e Viggo Mortensen, Capitão Fantástico. São duas favas contadas na premiação desta noite - Casey e Emma, a menos que o sindicato queira marcar uma posição contra o presidente Donald Trump, e aí a ‘superestimada’ Meryl, como a chamou o atual ocupante da Casa Branca, leva, na expectativa de que faça outro discurso recolocando o homem mais poderoso do mundo no seu devido lugar.

No Oscar e no prêmio do sindicato, as indicadas para coadjuvante também são as mesmas, e três são negras, excepcionais atrizes - Naomie Harris, por Moonlight - Sob a Luz do Luar; Octavia Spencer, por Estrelas Além do Tempo e Viola Davis, por Um Limite Entre Nós. Completam as listas Michelle Williams, por Manchester, e Nicole Kidman, por Lion - Uma Jornada para Casa. Na categoria atores coadjuvantes, quatro também são os mesmos nas duas listas - Dev Patel, por Lion; Jeff Bridges, por A Qualquer Custo; Lucas Hedges, por Manchester; e Mahershala Ali, por Moonlight. Hugh Grant, por Florence, fecha a lista dos indicados no Oscar. No SAG Award, é Michael Shannon, por Loving. Só no SAG existe a categoria melhor elenco em filme - Capitão Fantástico, de Matt Ross; Cordas, de Denzel Washington; Estrelas Além do Tempo, de Theodore Melfi; Manchester à Beira-Mar, de Kenneth Lonergan; e Moonlight, de Barry Jenkins. No que se refere à TV, existe a mesma categoria, mas dividida entre séries de drama e comédia. Na primeira, concorrem os elencos de The Crown, Downton Abbey, Game of Thrones, Stranger Things e Westworld, que tem a participação de Rodrigo Santoro. Na segunda, The Big Bang Theory, Black-Ish, Modern Family, Orange Is the Black e Veep. Como Meryl Streep, Kevin Spacey é um eterno indicado por House of Cards. E façam suas apostas. 

NA DISPUTA

Melhor elenco em filme

Capitão Fantástico

Um Limite Entre Nós

Até o Último Homem

Manchester à Beira-Mar

Moonlight

Melhor ator

Casey Affleck (Manchester à Beira-Mar)

Andrew Garfield (Até o Último Homem)

Ryan Gosling (La La Land)

Viggo Mortensen (Capitão Fantástico)

Denzel Washington (Um Limite Entre Nós)

Melhor atriz

Amy Adams (A Chegada)

Emily Blunt (A Garota no Trem)

Natalie Portman (Jackie)

Emma Stone (La La Land)

Meryl Streep (Florence: 

Quem É Essa Mulher?)

Melhor ator coadjuvante

Mahershala Ali (Moonlight)

Jeff Bridges (A Qualquer Custo)

Hugh Grant (Florence: Quem É Essa Mulher?)

Lucas Hedges (Manchester à Beira-Mar)

Dev Patel (Lion)

Melhor atriz coadjuvante

Viola Davis (Um Limite Entre Nós)

Naomie Harris (Moonlight)

Nicole Kidman (Lion)

Octavia Spencer (Estrelas Além do Tempo)

Michelle Williams (Manchester à Beira-Mar)

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.