Russos protestam contra filme de Harrison Ford

Quando chegar a Moscou este mês para iniciar as filmagens de K-19: The Widowmaker, Harrison Ford não receberá uma recepção das mais calorosas. O roteiro do filme - uma superprodução sobre um submarino soviético à beira de um desastre nuclear, em 1961 - está deixando os russos em pé de guerra. Sobreviventes e familiares dos mortos do submarino que inspirou a história enviaram uma carta ao ator e aos produtores do filme protestando contra a maneira como os marinheiros russos são retratados. "Os tripulantes são mostrados como mal-educados, ignorantes, estúpidos, indisciplinados e alcoólatras", diz o documento. Ford, que irá ganhar US$ 25 milhões para atuar no filme, defende-se dizendo que o roteiro tenta apenas "retratá-los de uma maneira mais humana."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.