Rússia abre primeiro festival de cinema muçulmano

O primeiro festival internacional de cinemamuçulmano da história da Rússia, com 124 filmes de mais de vintepaíses, começa hoje na cidade de Kazan, capital da república russada Tartária."Queremos mostrar ao mundo que nem todos os muçulmanos são fundamentalistas ou terroristas. Falaremos de valores universais como paciência, tolerância e amizade", declarou à EFE Zaudi Mamirgov, presidente do comitê organizador do festival.Da seção oficial, participam 28 fitas: nove filmes de ficção, três curtas, dez documentários e seis filmes de animação. Mamirgov lamenta que "cada checheno que apareça na televisão porte um fuzil e que cada afegão seja um traficante de drogas".Estes filmes procedem de Rússia, Estados Unidos, Reino Unido, Canadá, Lituânia, Egito, França,Turquia, Tunísia, Polônia,Azerbaijão, Cazaquistão, Uzbequistão e Tajiquistão.

Agencia Estado,

05 de setembro de 2005 | 13h25

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.