Iara Morseelli/Estadão
Iara Morseelli/Estadão

Rubens Ewald Filho é o novo secretário de Cultura de Paulínia

O crítico é um dos idealizadores do festival de cinema que foi cancelado em 2015

Amilton Pinheiro, O Estado de S.Paulo

03 Janeiro 2017 | 18h21

O jornalista, crítico e autor de novela Rubens Ewaldo filho é novo secretário de Cultura de Paulínia, cidade do interior de São Paulo conhecida por sua indústria petroquímica e pelo Polo e festival de cinema, segundo nota divulgada pela Associação Brasileira de Críticos de Cinema (Abraccine).

Ewald Filho ajudou a idealizar o Polo e o festival de cinema em 2008. No auge do complexo dos estúdios foram realizados 10 filmes, entre eles, O Palhaço de Selton Mello, enquanto o festival, que já teve orçamento de R$ 10 milhões, se tornou um dos principais do País nas três primeiras edições, sendo o que dava mais prêmios em dinheiro.

Em 2012 o festival foi cancelado e o Polo de cinema foi sendo sucateado, tendo produzido nos últimos anos cerca de três filmes. Em 2013 o festival retomou com uma edição mais enxuta, o mesmo acontecendo em 2014, último ano da realização do evento, quando o filme A História da Eternidade, do cineasta Camilo Cavalcanti, ganhou os principais prêmios.

 

Mais conteúdo sobre:
São Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.