Roteirista faz campanha de preservação

O autor do roteiro de Tubarão está em uma campanha mundial para a proteção dos tubarões. Para ele, o animal é a vítima em vez de vilão. O roteirista trabalha para o grupo ambiental californiano WildAid. Um dos pontos principais de sua campanha é a proibição das sopas de barbatana de tubarão, que custam a fortuna de US$ 90 por prato e são um símbolo de status em Hong Kong, por exemplo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.