Romance e guerra entre as estréias da semana

Estréia este final de semana em São Paulo o filme Dom, adaptação cinematográfica do romance Dom Casmurro, de Machado de Assis. O livro é um daqueles monumentos da literatura mundial que poucos diretores têm coragem de transpor para as telas. Quem o fez - Paulo César Saraceni em 1968, no filme Capitu - não impressionou. Mas hoje chega às telas uma adaptação ainda mais ousada, de um diretor estreante, Moacyr Góes (global de novelas como Laços de Família) e ambientado nos tempos de hoje, não no século 19, onde costumes rígidos, machismo e a influência européia já davam um bom alicerce aos romancistas. Góes, que não assistiu Capitu antes de fazer seu longa, apresenta ao público uma trama que também gira em torno do possível adultério de Capitu e do ciúme patológico de Bentinho, assim como no romance de Machado de Assis. Mas as semelhanças param por aí e é melhor esquecer completamente que o longa é inspirado no clássico machadiano para não criar grandes expectativas. Dom se passa nos dias de hoje, no eixo Rio-São Paulo, em bares, danceterias, apartamentos luxuosos e rodovias repletas de automóveis.Tudo Que Uma Garota Quer - Inspirado em um conto de fadas, o morno ?Tudo que Uma Garota Quer? conta a história da jovem Libby (Kelly Preston) que aparentemente tem tudo mas é infeliz por não conhecer o pai. Ao completar 19 anos, a garota americana voa para Londres e descobre que ele é um político proeminente. A educação liberal de Libby entra em choque com os rígidos costumes ingleses, fazendo-a aprender a lidar com a nova situação e com os recém- descobertos pai e meia-irmã. Libby passa a fazer tudo para conquistá-los, até se transformar numa pessoa completamente diferente. O filme traz ainda o ator Colin Firth (O Diário de Bridget Jones). O Resgate de Harrison - Uma das estréias nos cinemas este final de semana é a produção francesa O Resgate de Harrison. A norte-americana, Andie McDowell, e o ganhador do último Oscar de melhor ator, Adrien Brody, encabeçam o filme que narra a estória do fotógrafo Harrison Lloyd (Brody) que ao cobrir a guerra na antiga Iugoslávia (hoje Sérvia e Montenegro), em 1991, acaba desaparecendo e sendo dado como morto. Sua esposa (McDowell) não aceita a informação e parte em busca do marido. A trama transcorre em meio às atrocidades da guerra que acabam provocando transformações profundas na esposa de Harrison. Dirigido por Elie Chouraqui, O Resgate de Harrison recebeu os prêmios de melhor filme e fotografia no Festival de San Sebastian em 2000.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.