Roman Polanski ganha a Palma de Ouro em Cannes

O cineasta Roman Polanski foi o ganhador da Palma de Ouro do 55º Festival de Cannes com o longa O Pianista, sobre o holocausto. O protagonista do filme é Adrien Brody, que interpreta o pianista polaco brilhante que escapa do gueto de Varsóvia. Polanski, de 68 anos, nasceu na França mas mudou-se para a Polônia com os pais antes do início da 2ª Guerra. Durante sua adolescência na Polônia, Polanski sobreviveu ao gueto de Krakóvia, mas sua mãe morreu em um campo de concentração nazista. "Sinto-me honrado e comovido em aceitar o prêmio por um filme que representa a Polônia", disse o diretor enquanto Adrien Brody chorava no meio do público.O segundo ganhador foi o diretor finlandês Aki Kaurismaki, com o filme O Homem Sem Passado, que relata como uma vítima de amnésia redescobre a vida e o amor em bairros humildes de Helsinki. O júri deste ano foi presidido pelo diretor David Lynch e inclui as atrizes Sharon Stone e Michelle Yeoh e o diretor brasileiro Walter Salles.Veja a lista dos premiados hoje na 55º Festival de Cannes:Palma de Ouro: O Pianist, Roman PolanskiGrane Prêmio: O Homem sem Passado, Aki Kaurismaki, FinlândiaPrêmio do Júri: Intervenção Divina, Elia Suleiman,Palestina Melhor Diretor: Paul Thomas Anderson, Estados Unidos, por Punch-Drunk Love, e Im Kwon-taek, da Coréia do Sul, por Chihwaseon Prêmio Especial pelo 55º Aniversário do Festival: Bowling for Columbine, de Michael Moore, Estados Unidos Melhor Ator: Olivier Gourmet, Bélgica, por The SonMelhor Atriz: Kati Outinen, Finlêndia, por O Homem sem Passado Melhor roteiro: Sweet Sixteen, Paul Laverty, Grã BretanhaCamara de Ouro: Bord de Mer, Julie Lopes-Curval, França Melhor Curta: Eso Utan, de Peter Meszaros, Hungría.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.