Riofilme triplica orçamento para 2002

A Riofilme promete investir, este ano, R$ 14 milhões na co-produção e distribuição de filmes brasileiros. O novo orçamento, anunciado ontem pelo secretário das Culturas, Ricardo Macieira, e pelo embaixador Arnaldo Carrilho, diretor da empresa, corresponde ao triplo dos recursos colocados anualmente à disposição da Riofilme. Desde sua fundação, há nove anos, a empresa municipal trabalhou com orçamento médio de R$ 5 milhões.O prefeito do Rio, César Maia, solicitou, ao aprovar o novo valor orçamentário, que os recursos sejam investidos, integralmente, em produtoras cariocas. Por isso, Carrilho avisa que empresas de cinema de outros Estados devem associar-se "de forma concreta" com empresas cariocas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.