Richard Gere se desculpa por ter ofendido indianos

O ator de Hollywood Richard Gere pediu desculpas nesta sexta-feira, 27, aos indianos que se sentiram ofendidos pelos beijos que deu no rosto da atriz de Bollywood Shilpa Shetty em um ato contra a aids, o que levou um tribunal a emitir uma ordem de detenção contra os dois por comportamento "obsceno".Em carta a seus "queridos amigos indianos" divulgada por várias agências da Índia, Gere defendeu Shetty, disse que a respeita e deixou claro que o ocorrido "não foi culpa dela".Um tribunal de Jaipur, na região do Rajastão (noroeste), ditou na quinta-feira uma ordem de detenção contra os dois atores após uma denúncia apresentada por um cidadão por causa dos beijos que Gere deu em Shetty em um ato contra a aids no dia 15, em Nova Délhi.A ordem, que exige que os dois se apresentem perante o tribunal no dia 5 de maio, foi ditada após a onda de indignação gerada entre os setores mais conservadores da Índia pelos beijos de Gere.O ator, que deixou a Índia pouco após participar do polêmico ato, deu hoje a mesma explicação que Shilpa está dando o tempo todo: Gere quis imitar espontaneamente um trecho do filme Dança Comigo? que inclui um apertado abraço, um giro para inclinar a dama e os beijos no rosto.Mas esta imitação significou "uma mal interpretação dos costumes indianos", lamentou Gere. O ator pediu que a imprensa "encerre este episódio e dedique seus recursos positivos" à erradicação da aids.Gere patrocina o projeto Heroes, que procura reduzir o estigma da aids através da educação e da mudança de mentalidade da população, e com esse motivo viaja com freqüência à Índia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.