Reforma manterá cartaz do Belas Artes

O cinema Belas Artes conseguiu se livrar da ameaça de fechamento. O tradicional complexo de salas, em atividade há 35 anos, não só vai continuar em funcionamento como também será reformado. O grupo carioca Estação Botafogo, que administrava o negócio em parceria com o grupo Alvorada, vendeu sua parte para a Pandora Filmes, que promete reformar as seis salas do cinema até o início de maio.Segundo a assessoria de imprensa da Pandora, serão reformadas duas salas por vez. Com isso, o complexo terá seu número de salas temporariamente reduzido para quatro e, posteriormente, para somente duas. Quando as obras estiverem concluídas, o Belas Artes reabrirá com as seis salas reformadas.

Agencia Estado,

28 de fevereiro de 2003 | 13h24

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.