Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Rapper 50 Cent inclui produtora de cinema em seu império

Dono de selo musical, grife de roupas, autor de livros, agora lança em Sundance a produtora Cheetah Vision

MICHELLE NICHOLS, REUTERS

09 de janeiro de 2020 | 10h52

O rapper 50 Cent, que carrega cicatrizes de balas no corpo e é dono de um selo musical e grife de roupas, é ator e escreve livros, agora está acrescentando a produção cinematográfica a seu império multimídia, promovendo seu novo empreendimento esta semana no Festival de Cinema Sundance. 50 Cent, cujo nome real é Curtis Jackson, lançou a produtora Cheetah Vision e disse à Reuters em Sundance, o maior festival norte-americano do cinema independente, que não está preocupado por iniciar um empreendimento novo durante a crise financeira global. "Acho que a crise não vai me afetar tanto quanto a outras pessoas, porque não tenho medo de financiar algumas coisas eu mesmo, se for preciso", disse ele. O rapper ficou em 26.º lugar na lista Forbes 2008 das cem celebridades mais ricas do mundo, com rendimentos estimados em 150 milhões de dólares entre junho de 2007 e junho de 2008. 50 Cent tinha uma participação na Glaceau, que produz a Vitaminwater, e a parte maior de seus rendimentos veio da venda da empresa à Coca-Cola. A Forbes estima que o rapper faturou cerca de 100 milhões de dólares com o negócio, já deduzidos os impostos. Ele disse que a Cheetah Vision já comprou oito roteiros e que um dos primeiros a ser produzido será "The Dance", protagonizado por ele mesmo e Nicolas Cage. "Ele faz o fundador de um programa de boxe, e eu farei o lutador que vai parar na penitenciária", disse 50 Cent. O rapper, que na adolescência era traficante de drogas no Queens, em Nova York, fez sua estréia como diretor este ano, dando de graça seu longa-metragem "Before I Self Destruct" com seu álbum do mesmo título, previsto para ser lançado no final de março. "É uma oportunidade de garantir que meus fãs assistam a meu primeiro filme", disse ele, que também escreveu e produziu o filme. "Isso me permitiu mostrar as causas e efeitos de algumas das ações sobre as quais escrevi no álbum." O filme, também protagonizado por ele, conta a história de um jovem negro de um bairro pobre cuja mãe é morta a tiros, então ele mergulha na criminalidade para sustentar seu irmão menor. 50 Cent já vendeu mais de 30 milhões de álbuns em todo o mundo e também vem fazendo vários papéis no cinema desde que apareceu no semiautobiográfico "Fique Rico ou Morra Tentando", de 2005, cujo título original é igual ao de seu álbum de estréia, de 2003, "Get Rich or Die Tryin". Ainda este ano ele será visto contracenando com Val Kilmer e Sharon Stone em "Streets of Blood", e ele também deve começar a filmar "13" com Mickey Rourke. 50 Cent, Robert De Niro e Al Pacino atuaram em "As Duas Faces da Lei", de 2008, e o rapper disse que pode voltar a trabalhar com Robert De Niro.

Tudo o que sabemos sobre:
FILME50CENTSUNDANCE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.