Rachel Weisz vai atuar no papel de diretora de revista erótica

A atriz Rachel Weisz, vencedora do Oscar de melhor atriz coadjuvante por sua atuação em O Jardineiro fiel, do diretor brasileiro Fernando Meirelles, vai viver, em seu próximo filme, uma ex-diretora de uma famosa revista erótica britânica, segundo informou o jornal The Independent.O jornal explica que Rachel será Rowan Pelling, uma moça inglesa que começou a trabalhar como telefonista em 1995 e chegou rapidamente à direção da Erotic Review, uma revista mensal para intelectuais que apreciavam o erotismo.A Erotic Review alcançou uma bem-sucedida combinação de erotismo, humor e qualidade literária, e contou entre seus autores com Alain de Botton, Michel Faber e a DBC Pierre, este último ganhador do prestigioso prêmio literário Booker.Sob o comando do brasileiro Fernando Meirelles, Rachel viveu nas telas uma ativista que se casa com um diplomata britânico e é vítima de uma trama de corrupção na indústria farmacêutica no Quênia, na África. Rachel, casada com o diretor norte-americano Darren Aronofsky e grávida de oito meses, ficou conhecida por seus personagens em filmes de ação, como A Múmia (1999) e Constantine (2005).

Agencia Estado,

27 de março de 2006 | 13h38

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.