Quentin Tarantino vai presidir o júri do Festival de Veneza

Organizadores do evento disseram que o cineasta americano é talvez o único a ser adorado como astro de rock

06 de maio de 2010 | 16h32

MILÃO (AP)- O cineasta americano Quentin Tarantino foi nesta quinta, 6, como presidente da 67ª edição do Festival de Veneza, que acontece entre 1º e 11 de setembro. A indicação partiu do diretor da mostra, Marco Muller, para quem Tarantino é um dos diretores mais surpreendentes da atualidade.

 

Entre suas atribuições, está, entre outras, a de conceder o Leão de Ouro ao melhor filme do festival. "Se seu estilo passa pelo cinema do passado, é para resgatar o gosto pela engrenagem narrativa, mesclando com inteligência o cinema do gênero com o pulp ficcion", justificou o comitê organizador.

 

Tarantino dirigiu filmes como Bastardos Inglórios, Pulp Fiction e Kill Bill. O festival disse que Tarantino é "talvez o único cineasta norte-americano adorado em todo o mundo como um astro do rock".

Tudo o que sabemos sobre:
TarantinoFestival de Veneza

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.