‘Que bom filmar sem ficar com machucados’, diz Jennifer Lawrence

‘Que bom filmar sem ficar com machucados’, diz Jennifer Lawrence

Em NY, a estrela de 24 anos fala que o novo episódio tem muito menos ação e sua história se centra na rebelião

Entrevista com

Jennifer Lawrence

Cindy Pearlman , HOLLYWOOD WATCH

18 de novembro de 2014 | 18h41

Jennifer Lawrence está em Manhattan, e é difícil não saber disso. Em frente do Park Hyatt Hotel, um grupo de jovens grita com toda a força dos seus pulmões. “Alguém vai ter de me tirar daqui!”, berra uma menina de 16 anos do Queens. 

Todo o elenco de Jogos Vorazes: A Esperança está no hotel para uma coletiva, mas não há nenhuma dúvida quanto a quem as fãs querem ver. Elas querem Jennifer, conhecida dos fãs de Jogos Vorazes do mundo todo como a líder rebelde Katniss Everdeen, e ela também quer vê-las. “Tragam as fãs”, disse Jennifer, disposta a conversar. “Elas são a coisa mais importante.”

A atriz tem só 24 anos, já ganhou o Oscar, é estrela das duas maiores franquias de Hollywood – a outra é a série de X-Men – e está mais rica do que jamais imaginou. Sem falar dos milhares de fãs que a adoram.

Mas isso não significa que esta moça nascida no Kentucky tenha atingido o sucesso sem dificuldades. Do fascínio dos tabloides com sua vida romântica ao recente furor com as fotos roubadas por hackers em que aparece nua, ela teve seus momentos terríveis.

“Quando você se torna famosa, acontece algo estranho. É dessa maneira que as pessoas a olham, mesmo que você não se sinta diferente.” 

Era uma tarde de sábado, com garoa fina, mas a atriz parecia perfeita, pronta para o tapete vermelho com um casaco preto sobre um vestido de renda, botas e o cabelo curto cor de mel. “Gostei demais do filme. Dessa vez não há jogos de verdade. Toda a história fala da rebelião”, explica Jennifer. Os acontecimentos dos dois primeiros filmes deixaram Katniss apavorada, física e emocionalmente, e insegura.

“Neste filme há muito menos ação”, afirma Jennifer, que adorou não ter nem galos nem machucados. Seu parceiro nas filmagens, Liam Hemsworth, não teve tanta sorte. “Ele quebrou o tornozelo. O acidente acabou com aquele dia.”

Na realidade, admitiu, a pior cena para ela foi a que Katniss teve de cantar. “Meu maior medo é cantar na frente do público. Tenho voz ruim, soa como Amy Winehouse com bronquite.”/ TRADUÇÃO DE ANNA CAPOVILLA

Tudo o que sabemos sobre:
Jennifer Lawrence

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.