Quadro roubado é encontrado na casa de Steven Spielberg

Empregados do cineasta Steven Spielberg descobriram que um dos quadros de sua coleção, Russian Schoolroom, de Norman Rockwell, é uma obra roubada.O FBI (Polícia federal americana) confirmou que a pintura em questão, estimada em US$ 700 mil (R$ 1,4 milhão), é um quadro que desapareceu em 1973 de uma exposição em Clayton, no Missouri. Rockwell ainda era vivo na época e o valor da obra era de apenas US$ 25 mil (R$ 50 mil)Spielberg comprou o quadro em 1989 de um negociador de arte e só soube que era roubado na semana passada, quando seus empregados viram a tela em um site do FBI que mostra obras roubadas, como informou a agência policial em comunicado."O senhor Spielberg coopera totalmente com o FBI e manterá a posse de Russian Schoolroom até que sejam realizadas as disposições pertinentes", explicou a nota.A tela em óleo, de 40,5 centímetros de altura por 94 centímetros de largura, mostra crianças em uma sala de aula onde há um busto de Vladimir Lenin.O nova-iorquino Rockwell (1894-1978) se tornou famoso como ilustrador e pintor e tinha uma predileção pelos retratos de crianças.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.