Público aplaude filme sobre a França rural

Às vezes, as melhores surpresas no Festival de Cannes nada têm a ver com grandes nomes e grandes produções. No fim de semana, centenas de pessoas se aglomeraram numa das menores salas de projeção da mostra para ver um documentário francês chamado Etre et Avoir (Ser e Ter), sobre um tema decididamente sem glamour, a educação rural na França.O filme de Nicolas Philibert, exibido fora de competição, é um retrato carinhoso de um professor dedicado, Georges Lopez, que está perto de se apsosentar de um trabalho que ele exerceu nos últimos 20 anos: dar aulas para todas as crianças de 4 a 10 anos de uma aldeia da região de Auvergne. Os meninos brincam com trenós, preparam crepes, aprendem matemáticas e fazem desenhos, tudo sob a orientação séria mas afetuosa de Lopez.Na exibição em Cannes, Lopez subiu ao palco ao lado do diretor, recebendo ruidosos aplausos. A surpresa foi a aparição, logo em seguida, de seus pequenos alunos, pulando pelo palco.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.