Protestos marcam abertura do Festival de Veneza

O Festival de Cinema de Veneza atraiu uma manifestação ruidosa de cerca de duas mil pessoas que gritavam contra o imperialismo e tocavam buzinas. O grupo disse que representava "o cinema do proibido", mas não foi possível determinar de imediato qual era o exato motivo do protesto. O filme chinês de kung-fu Seven Swords (Sete Espadas), do diretor Tsui Hark abre a mostra e a comédia romântica intitulada Perhaps Love (Talvez Seja Amor), do diretor tailandês Peter Ho-sun, fecha o festival.Dois atores de Hollywood provam se são bons diretores. George Clooney, que deve chegar ao festival amanhã para acompanhar a exibição de Good Night and Good Luck, que está sendo considerado um forte candidato ao Leão de Ouro.O filme, que também é protagonizado por Clooney, apresenta um panorama da imprensa radiofônicae televisiva norte-americana durante a época das perseguições contra os comunistas do senador Joe McCarthy.O ator John Turturro também estréia como diretor, com o musical Romance and Cigarettes, que concorre na mostra oficial. No elenco, James Gandolfini, Kate Winslet, Susan Sarandon e Christopher Walken.Competem este ano pelo Leão de Ouro 19 filmes, enquanto o total apresentado na edição 2005 é de 54, contra os 71 do ano passado, uma diminuição proposital segundo o diretor do festival, Marco Müller, por uma questão de segurança.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.