Projeto une cinema e escola

Estimular o gosto pelo cinema e fazer com que os jovens saibam da sua importância é o objetivo do projeto Escola no Cinema. Iniciando as atividades de 2002, o evento traz uma atração especial, Sombras no Cinema, que conta com a exibição do desenho Príncipes e Princesas, de Michel Ocelot. Trata-se de um desenho completamente artesanal, no qual o diretor fez uso de técnicas que remetem ao antigo teatro de sombras da China, um dos países precursorses dessa arte. No filme, são contadas seis histórias em locais diferentes, como o Egito, a Idade Média e o Japão. E não é somente isso. Após as sessões, a garotada pode participar das oficinas de técnicas de sombras. Para isso, escolhe o que mais a interessa, como teatro de mãos, teatro com cenários e adereços, projeção de sombras ou ainda debate sobre as técnicas usadas pelo diretor francês Michel Ocelot. Criado em 1985 no Rio, o projeto Escola no Cinema quer continuar com o seu objetivo inicial, ou seja, formar público entre estudantes das escolas públicas e particulares. Para esta edição, conta mais uma vez com as intervenções da artista plástica e contadora de histórias Stela Barbieri. Tem ainda a participação do artista multimídia Guto Lacaz. Vale a pena inscrever seus alunos. Serviço Escola no Cinema. As escolas interessadas devem se inscrever pelo telefone 3266-5115. Duração: 120 minutos. De segunda a sexta, às 9 horas e às 13 horas. R$ 2,00 (alunos de escolas públicas) e R$ 4,00 (escolas particulares). Local: Espaço Unibanco 3. Rua Augusta, 1.475, tel. 3085-7684

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.