Reuters
Reuters

Projeto para adaptar 'A Torre Negra' continua, apesar de problema financeiro

Produtores continuam buscando apoio para viabilizar o ambicioso projeto que pretende levar ao cinema e à televisão a épica saga de livros de Stephen King

EFE

17 de agosto de 2011 | 18h28

LOS ANGELES (EFE) - O projeto para adaptar a saga de livros de Stephen King A Torre Negra para o cinema e televisão segue adiante com Javier Bardem, apesar dos problemas para encontrar financiamento, publicou o diário The New York Post nesta quarta-feira.

 

O diretor Ron Howard ('O Código da Vinci' e 'Uma Mente Brilhante') e o produtor Brian Grazer buscam vias para encontrar apoios econômicos para dar início às filmagens depois que a Universal desistiu de custear a multimilionária produção.

 

A ideia inicial consistia em fazer a versão audiovisual dos sete livros de King em três longas e duas minisséries de televisão, além de um jogo de videogame.

 

Em A Torre Negra, Javier Bardem se transformaria em Roland Deschain, um pistoleiro que passou a vida buscando a Torre Negra e que será a última esperança da humanidade para salvar a civilização.

 

As complicações financeiras fizeram com que as gravações fossem adiadas pelo menos até junho do próximo ano, já que Ron Howard está trabalhando atualmente em Rush, filme sobre o piloto de Fórmula 1 Niki Lauda, disse Grazer.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.