Projeto divulga e populariza filmes nacionais

Uma idéia simples, fruto de parceria entre a Petrobrás, o Bancodo Brasil e a Federação das Associações Atléticas do Banco do Brasil(Fenabb), vai levar filmes nacionais a municípios carentes de salas deexibição, com o objetivo de formar platéia. Espaços ociosos dasunidades da Fenabb estão sendo transformados em cinemas populares, quecobrarão apenas R$ 2 pela sessão.Lançado ontem no Rio, o Circuito Brasil de Cinema entra em cartaz napróxima quinta-feira, em dez associações: Arapiraca (AL), CampinaGrande (PB), Curitiba (PR), Gravatá (PE), Itabuna (BA), Joinville (SC),Passo Fundo (RS), Montes Claros (MG), São Luís de Montes Belos (GO) eItanhém (SP). Elas receberam aparelhos de DVD, projetores e telões. Algumas já tinham lugares apropriados porém fechados, que foram recuperados. Outras ganharam poltronas e tiveram a pintura renovada. Os três Centros Culturais Banco do Brasil, em São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília, também vão exibir os filmes. Como a Fenabb tem 1.250 afiliadas, o pojeto pode chegar a cerca de mil salas. A Petrobras entrará com 23 produções que patrocinou nos últimos cincoanos ? sucessos de público como Bicho de Sete Cabeças, de LaísBondanzky, filmes vistos por muito pouca gente, exemplo de QuaseNada, de Sergio Rezende, e Latitude Zero, de Toni Ventura, e aindaum infantil, Grilo Feliz, de Walbercy Ribas. Os equipamentos ficaram a cargo do Banco do Brasil e a preparação das salas, da Fenabb. Oinvestimento conjunto foi de R$ 1 milhão até agora. As sessões serão semanais e contarão, eventualmente, com a presença de artistas que participaram dos filmes. O cineasta Sérgio Rezende está animado com a visita que fará ao município de Gravatá para acompanhar aexibição de seu Quase Nada, lançado em 2000 com apenas quatro cópias. "Num país pobre como o nosso, idéias megalomaníacas são um delírio. Dessa vez, é algo pé no chão, porque as salas já existem. Tem tudo paradar certo?, diz Rezende.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.