Prisão do ator de "Baretta" lembrou caso O.J. Simpson

A saga de O.J. Simpson foi relembrada ontem à noite coma prisão do ator Robert Blake pelo assassinato de sua mulher,com direito a transmissão ao vivo, com imagens feitas dehelicópteros, do carro branco que levava o artista pelasfreeways de Los Angeles até a prisão. O policial do seriado hit nos anos 70Baretta foi preso e acusado de matar a mulher, Bonny Bakley,um ano atrás. Há rumores de que a promotoria deve pedir a penade morte para o crime. Seu guarda-costas, Earle Caldwell, quenem estava em Los Angeles na noite do crime, também foi preso,mas a polícia não comentou as acusações sobre ele. Bakley, de 44anos, levou um tiro em 4 de maio de 2001 dentro do carro esportedo ator, de 68 anos, em uma rua escura perto de seu restaurantefavorito. Blake disse que voltou ao restaurante para pegaralguma coisa que tinha esquecido (sua arma) e que na voltaencontrou a mulher morta. Ele negou que tenha cometido o crime,mas a polícia diz que achou a arma, outras evidências e atétestemunhas. Não há mais detalhes sobre o caso. A defesa do atoré a de que Bakley tinha feito alguns trambiques e tiradodinheiro de vários homens com quem teve relacionamentos. Elachegou a passar uma temporada na prisão e tinha vários inimigos,segundo ele.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.