Mário Anzuoni/ Reuters
Mário Anzuoni/ Reuters

Princesa Leia terá papel central no encerramento da saga 'Skywalker' em 'Star Wars'

Spoiler foi dado por J.J. Abrams, diretor do novo filme da saga; ele e parte do elenco estão confirmados para a CCXP 2019

Lisa Richwine, Reuters

05 de dezembro de 2019 | 13h13

LOS ANGELES - O muito aguardado capítulo final da saga Skywalker terá um papel crucial para a princesa Leia, personagem amada de Star Wars interpretada pela atriz Carrie Fisher, que morreu em 2016.

O roteirista e diretor J.J. Abrams disse ter imagens inéditas suficientes de Fisher —sobras da filmagem de O Despertar da Força, de 2015— para fazer de Leia um presença central em A Ascensão Skywalker, que estreia nos cinemas do Brasil no dia 19 de dezembro. Fisher morreu em dezemnbro de 2016, aos 60 anos.

“Não poderíamos contar a história sem Leia”, disse Abrams em uma entrevista concedida na quarta-feira. “Ela é a mãe do vilão. Ela é, em certo sentido, a mãe da resistência, da rebelião, a líder, a general”, afirmou.

“Seu papel é, eu diria, integral”, acrescentou. “Isso não é só uma coisa cosmética em que estamos meio que encaixando Leia”. A Ascensão Skywalker é o nono filme da celebrada franquia espacial, que estreou em 1977 e hoje é de propriedade da Walt Disney.

Nos filmes mais recentes, Leia chegou ao posto de general na liderança do combate à maligna Primeira Ordem na galáxia muito, muito distante. Seu filho é Kylo Ren (Adam Driver), o guerreiro que assumiu o comando da Primeira Ordem no final de Os Últimos Jedi, de 2017.

Se Fisher estivesse viva, “não há dúvida de que teríamos feito, tenho certeza, filmagens adicionais e outras coisas”, disse Abrams. “Mas o fato de que tínhamos o material para fazer o que fizemos é incrivelmente gratificante”.

Daisy Ridley, que vive a combatente da resistência Rey, gravou cenas para A Ascensão dos Skywalker nas quais sua personagem interage com as imagens previamente gravadas de Fisher.

“Eu estava basicamente reagindo a imagens que tinha visto dela, então foi bastante comovente, muito estranho”, disse Ridley. “Mas acho que você tem uma sensação verdadeira do amor entre Leia e Rey neste filme, e Leia é uma grande parte da história”.

O piloto Poe Dameron (Oscar Isaac) e a mecânica Rose Tico (Kelly Marie Tran) também têm cenas que incluem diálogos com Leia, disseram membros do elenco.

Abrams disse que a filha de Fisher, Billie Lourd, que aparecerá pela terceira vez como tenente das forças da resistência, também será vista na tela com a mãe.

Vale lembrar que Star Wars: A Ascensão Skywalker tem um painel confirmado na CCXP 2019 já para o próximo sábado, 6, às 17h, no Auditório do Cinemark XD. Estarão representando o filme o diretor J.J. Abrams, a produtora Kathleen Kennedy, e os atores Daisy Ridley, John Boyega e Oscar Isaac. O evento já está com todos os ingressos esgotados.

Confira a programação completa da CCXP e fique por dentro de tudo sobre um dos maiores festivais de cultura do pop do mundo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.