Pós-produção garante qualidade única

É inegável o talento do diretor de fotografia César Charlone e do editor Daniel Rezende, mas a concepção criada para Cidade de Deus deveu muito à pós-produção. O colorista sênior Sérgio Pasqualino, por exemplo, desenvolveu todos os padrões de cores planejados por Charlone, que dividiu a história em três fases. "Criamos instrumentos especiais para aproveitar o máximo da tecnologia e, ao mesmo tempo, preservar todo o planejamento do Charlone e do Fernando Meirelles", conta Pasqualino, dos Estúdios Mega." target=_blank>

Agencia Estado,

28 de fevereiro de 2004 | 05h35

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.