Stephen Shugerman/AFP
Stephen Shugerman/AFP

Polícia investiga roubo de estátua de Marilyn Monroe em Hollywood

A estátua lembra a cena do filme 'O Pecado Mora ao Lado', de 1955, na qual o ar que sai de um respirador de metrô levanta o vestido branco da estrela; veja cenas do filme da estrela

Redação, AFP

18 de junho de 2019 | 21h01

A polícia americana começou uma investigação para encontrar uma estátua de Marilyn Monroe que desapareceu em Hollywood durante o fim de semana.

A estátua representa a cena do filme O Pecado Mora ao Lado (1955), na qual o ar que sai de um respirador de metrô levanta o vestido branco da estrela.

O objeto adornava o topo de uma pequena tenda de metal localizada no começo da famosa Calçada da Fama de Hollywood.

Segundo as autoridades, uma testemunha viu um homem escalar a estrutura no domingo à noite e utilizar uma serra para retirar a estátua de Marilyn (1926-1962).

Com a ajuda de uma escada de bombeiro, especialistas da polícia subiram até o local do roubo para colher as impressões digitais, mas até terça-feira, 18, não haviam identificado nenhum suspeito.

A tenda de metal onde ocorreu o roubo se chama Ladies of Hollywood (Senhoras de Hollywood) e foi construída sobre pilares que representam quatro atrizes emblemáticas da indústria do cinema, originárias de diferentes culturas: Mae West, Dorothy Dandridge, Anna May Wong e Dolores Del Rio.

 

Tudo o que sabemos sobre:
Marilyn MonroeHollywood

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.