AFP
AFP

Pintora afirma ter sido abusada por Roman Polanski quando tinha 10 anos

Acusação é similar à que fizeram outras quatro mulheres contra o cineasta

EFE

23 Outubro 2017 | 16h57

A pintora e fotógrafa americana Marianne Barnard afirmou que foi abusada pelo diretor Roman Polanski quando tinha dez anos, uma acusação similar à que fizeram outras quatro mulheres contra o cineasta, segundo informaram nesta segunda-feira, 23, os meios de comunicação britânicos.

Barnard relatou ao tabloide The Sun que Polanski abusou sexualmente dela em 1975, em um suposto incidente durante uma sessão de fotografias em uma praia da Califórnia na qual o diretor lhe pediu que posasse nua.

"No início pensava que somente teria de ir à praia com a minha mãe. Estivemos ali um momento nós duas sozinhas e então ele chegou. Ela me explicou que esse homem queria tirar fotos minhas com um casaco de pele", relatou a artista.

"Em certo momento, me dei conta que a minha mãe tinha ido embora. Não sei aonde foi e não me dei conta disso, mas ela já não estava ali. Então ele abusou de mim", completou.

** Tarantino sobre Weinstein: 'Eu sabia o bastante para fazer mais do que fiz'

A pintora admitiu que se sentia "diante de um enorme conflito por ter mantido silêncio todo este tempo", enquanto "todas essas mulheres estão dando um passo à frente de forma tão valente".

"Pensei comigo mesma que não podia, em sã consciência, saber o que sabia, ter passado pelo que tinha passado, e não revelar nada", afirmou.

Segundo o jornal The Guardian, Barnard apresentou uma denúncia contra Polanski à polícia de Los Angeles.

** Kate Winslet declara também ter sofrido assédio moral de Weinstein

Em 1977, o diretor se declarou culpado nos Estados Unidos do assédio sexual a Samantha Gemimer, de 13 anos, mas fugiu à Europa antes de receber sua condenação.

Em 2010, a atriz britânica Charlotte Lewis denunciou Polanski por um suposto abuso cometido em 1983, enquanto que este ano outras duas mulheres divulgaram acusações similares, além de Barnard. 

 

Mais conteúdo sobre:
Roman Polanski cinema

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.