Pierce Brosnan desiste de ser agente 007

Pierce Brosnan disse à Entertainment Weekly que está pronto para entregar sua licença para matar, numa referência à permissão exclusiva dada ao agente 007 pela rainha da Inglaterra, na história do personagem ícone do cinema de ação, James Bond. "Acabou", disse o astro à EW.com. "Eu já fiz tudo o que deveria ter feito sobre o tema de James Bond".Em uma entrevista publicada na terça-feira, no site da revista na internet, o ator irlandês assegurou que o filme Um Novo Dia para Morrer, de 2002, com Halle Berry, foi sua última missão como agente inglês 007."Bond é uma vida que deixei para trás", disse Brosnan. Mas, a declaração do ator de 51 anos poderia ser apenas uma estratégia de negociação para a rodagem do próximo filme da série. O Bond original, Sean Connery, renunciou ao filme antes de ser atraído novamente por um cachê mais alto.Mas se for verdade que Brosnan está fora, a empresa Eon Productions, com sede na Inglaterra, que produz filmes de James Bond, deve encontrar outro astro que encarne o famoso agente para realizar sua 21.ª prodção, cujo lançamento está programado para o ano que vem.Especula-se que atores como Brits Clive Owen, Ioan Gruffudd, Colin Firth, Hugh Grant, Gerard Butler, Jude Law e Ewan McGregor, assim como Hugh Jackman, Heath Ledger e Eric Bana tem sido cotados para o papel.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.