Peter Pan faz cem anos

Em 27 de dezembro de 1904 o garoto de roupa verde inventado pelo escritor escocês, James Matthew Barrie (1860-1937), apareceu pela primeira vez em um palco de teatro em Londres. O autor temia que a peça fosse um tremendo fracasso.O menino que não queria crescer já virou centenário e continua encantando milhares de crianças em todo o mundo, com suas aventuras no "Terra do Nunca". Coincidindo com o Natal, o conto está sendo representado em vários teatros londrinos. O clássico infantil conta as aventuras da menina Wendy e seus irmãos, levados por Peter Pan à "Terra do Nunca", o reino das fadas onde também vivia o terrível pirata Capitão Gancho. A peça, que estreou no Teatro Duque de York, de Londres, era aguardada com impaciência pela sociedade britânica da época, pois o autor, Barrie, era um conhecido jornalista, escritor e dramaturgo de seu tempo, conforme seu biógrafo a Andrew Birkin. Peter Pan foi um tremendo sucesso e poucos anos depois Barrie publicou a história no clássico livro para crianças, que primeiro recebeu o título de Peter e Wendy, em 1911, e com os anos se transformou em Peter Pan.Por incrível que pareça, trata-se de uma história real, inspirada em brincadeiras de cinco filhos de um casal amigo, os Llewelyn Davis.A infância do autor foi marcada pela morte prematura de seu irmão e a doença de sua mãe, que o levaram a passar muito tempo com as crianças, que ele inclusive adotou, após a morte do casal. A biografia de Peter Pan é tema do filme Finding Neverland, um dos possíveis candidatos ao Oscar e preferido da crítica em 2004, com o astro Johnny Depp no papel do autor e a atriz britânica Kate Winslet como Silvia Llewelyn Davies, a mãe das crianças.A versão de Peter Pan como desenho animado da Disney, lançado em 1953, foi um dos maiores sucessos de todos os tempos e tornou-se também um clássico nas telas. Mais tarde, Steven Spilberg filmou mais um sucesso de bilheteria: Hook, com Dustin Hoffman (Capitão Gancho), Robin Williams (Peter Pan), Julia Roberts (Sininho) e Maggie Smith (Wendy).Em 1929, o escritor doou os direitos do conto infantil ao hospital pediátrico Great Ormond Street, em Londres. Recentemente o hospital realizou um concurso para escolher o nome do escritor que fará a continuação de Peter Pan.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.