Peter O´Toole vai ganhar Oscar pelo conjunto da obra

O ator Peter O?Toole, indicado ao Oscar por sete vezes mas nunca vencedor, vai receber este ano um Oscar pelo conjunto da obra. A Academia decidiu premiar o protagonista de Lawrence da Arábia para compensar os anos de espera pelo prêmio e frustração com suas sete derrotas ao longo da carreira. Além do papel principal em Lawrence da Arábia, a carreira de O´Toole no cinema conta com outros grandes filmes, como O Último Imperador, em que viveu o tutor escocês Reginald Johnston, e Calígula, em que foi Tiberius. Recentemente, a família do ator inglês Richard Harris, morto em outubro do ano passado, indicou O´Toole para substitui-lo no papel do professor Dumbledore no próximo filme da série Harry Potter."As interpretações de Peter O?Toole deram brilho ao cinema durante décadas", disse o presidente da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas, Frank Pierson. "Ele encarnou alguns dos personagens mais inesquecíveis da história do cinema, foi candidato ao Oscar de melhor ator sete vezes e a Academia considera que chegou o momento de premiá-lo com a estatueta." O ator irlandês, hoje com 70 anos, fará parte da lista de nomes estelares do cinema que já ganharam o Oscar pelo conjunto da obra, ao lado de Charles Chaplin, Jean Renoir, Federico Fellini, Sofia Loren e outros.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.