Chris Park/AP
Chris Park/AP

Peter Jackson começa filmagem de 'O Hobbit' na Nova Zelândia

Problemas de financiamento, greve de atores e uma úlcera do diretor colocaram em xeque a produção; filme será dividido em duas partes e a primeira está prevista para estrear em 2012

Efe,

21 de março de 2011 | 02h18

SIDNEY - O diretor Peter Jackson começou nesta segunda-feira, 21, na Nova Zelândia a filmagem de O Hobbit, prelúdio da trilogia O Senhor dos Anéis, após superar meses de contínuos atrasos, informou o cineasta em comunicado.

 

O diretor neozelandês, de 50 anos, afirmou que o elenco - liderado por Martin Freeman como o hobbit Bilbo Bolseiro e Ian McKellen no personagem do mago Gandalf - ficou assim fechado para os preparativos do filme.

 

Elijah Wood, Christopher Lee, Cate Blanchett e Orlando Bloom repetirão os mesmos papéis que encarnaram em O Senhor dos Anéis, ganhador de um total de 13 Oscar.

 

Problemas de financiamento, um esforço de greve de atores e uma úlcera de Jackson colocaram em xeque a produção, que constará de duas partes, com um orçamento de US$ 500 milhões.

 

Devido aos atrasos, o diretor mexicano Guillermo del Toro se retirou em maio de 2010 da co-produção da New Line Cinema e Metro Goldwyn Meyer, embora tenha continuado com sua colaboração na elaboração dos roteiros.

 

Em outubro de 2010, as produtoras estiveram a ponto de levar a filmagem para outro país, após os problemas salariais com os sindicatos de atores locais, mas o governo neozelandês intermediou e aceitou modificar a lei trabalhista para salvar o projeto.

 

A história de O Hobbit transcorre na Terra Média descrita em O Senhor dos Anéis, o mundo de ficção criado por J.R.R. Tolkien, e está previsto que a primeira parte chegue aos cinemas em 2012.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.