Pesquisadora tem a receita do filme perfeito

Junte 30 partes de ação, 17 de comédia, 13 de lutas do tipo bem-contra-o-mal, 12 de romance, 10 de efeitos especiais, 10 de enredo, 8 de música e pronto. Segundo a britânica Sue Clayton, é esta a receita do filme perfeito. Ou, pelo menos, do filme de sucesso.Pesquisadora da Universidade de Londres - e também diretora -, Sue analisou ao longo de dez anos quilômetros de filmes dos mais variados gêneros, dos arrasa-quarteirões Titanic e 007 aos hits do cinema britânico Ou Tudo ou Nada e Um Lugar Chamado Notting Hill."Fiquei surpresa ao decobrir quão balanceados são os elementos que compõe um filme para que atinja a perfeição", diz. "Usá-los na proporção certa pode ser a diferença entre um filme popular e um campeão de bilheteria", acredita. Estranhamente, a produção que mais se aproximou desta fórmula de perfeição foi o infantil Toy Story 2.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.