Penélope Cruz agradece Almodóvar por indicação ao Oscar

Penélope Cruz é a primeira atriz espanhola indicada ao Oscar. Ela recebeu a indicação para concorrer ao prêmio máximo de Hollywood na terça-feira, por sua participação em Volver. Mas o drama do diretor espanhol Pedro Almodóvar ficou de fora da disputa pela estatueta de melhor filme estrangeiro. Em Volver, Penélope faz o papel de Raimunda, uma mulher humilde que enfrenta a vida e a morte com bondade, mentiras e uma vitalidade sem limites. Esse já é considerado o principal papel da carreira da atriz, por causa da quantidade de prêmios e indicações que lhe valeu - Cannes, Academia Européia de Cinema, Bafta, Goya, Globo de Ouro e, agora, o Oscar. "Estou muito feliz, um pouco surpresa e um pouco triste por (Volver) não ter levado a indicação a melhor filme estrangeiro e melhor roteiro", afirmou ela à rádio SER pouco depois de receber a notícia. A atriz madrilenha já havia participado de dois filmes anteriores de Almodóvar, Tudo Sobre Minha Mãe e Carne Trêmula. Ela agradeceu a "generosidade" do diretor, que por telefone lhe disse estar mais contente com a indicação dela do que se estivesse na disputa pelo Oscar de melhor filme estrangeiro. "Ele foi a pessoa para quem liguei agradecendo, porque essa indicação é mais dele que minha, é tudo o que ele fez para mim", acrescentou a atriz, que não se considera favorita na disputa contra as britânicas Helen Mirren (A Rainha), Judy Dench (Notas sobre um Escândalo) e Kate Winslet (Pecados Íntimos). Mas a grande favorita parece ser mesmo a norte-americana Meryl Streep (O Diabo Veste Prada), em sua 14.ª. indicação ao Oscar. Penélope, de 32 anos, se junta agora a Javier Bardem, primeiro ator espanhol a disputar um Oscar, por seu papel de um homossexual no filme Antes do Anoitecer, em 2001. Dois curtas espanhóis também entraram na competição final: Éramos Pocos, de Borja Cobeaga, e Binta y la Gran Idea, de Javier Fesser e Luis Manso. A entrega do Oscar acontece em 25 de fevereiro, em Hollywood.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.