Pelé: o show de bola continua nas telas

Foi no gramado que ele conquistou todas as glórias que um atleta de sua magnitude pode almejar. Mas parece que, ao menos este ano, é nas telas que Edson Arantes do Nascimento encontrou o veículo ideal para encorpar ainda mais o mito do rei Pelé. Depois de o curta-metragem Uma História de Futebol, que aborda um episódio na infância do jogador, ter recebido uma indicação inédita ao Oscar, a vida do atleta, dentro e fora dos campos, é tema do documentário Pelé, O Atleta do Século, do produtor Anibal Massaini Neto, 53 anos, que deverá chegar aos cinemas no segundo semestre.O material que Massaini coletou até o momento seria suficiente para montar um documentário de cinco horas. Mas após um extenuante processo de edição, previsto para ocupar a agenda do produtor pelas próximas semanas, virá à tona um documentário pronto para chegar às telas com uma duração prevista de 100 minutos. "Quando achamos que estamos na reta final da edição, surgem imagens históricas de Pelé, descobertas em vários países do mundo", diz Massaini. "Assim, somos obrigados a alterar a edição e, dependendo do caso, mexer novamente no roteiro. É um produto que está em constante mudança." Mas que ninguém se assuste com a possibilidade de a tesoura de Massaini cair impiedosa sobre os dribles históricos e os gols fenomenais de Pelé. O projeto Pelé - O Atleta do Século prevê também a realização de uma minissérie para a televisão, onde serão confortavelmente acomodados todos os olés que ficaram de fora do documentário para o cinema.Leia mais

Agencia Estado,

19 de fevereiro de 2001 | 11h17

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.