Paul Newman diz que não é um "ator ideal"

O consagrado ator Paul Newman não se considera um ?ator ideal?. Foi o que ele disse a uma revista americana. ?Marlon Brando, Lee J. Cobb, Laurence Olivier são atores ideais. Eu não sou?, afirmou o dono dos olhos azuis mais famosos do cinema. ?Realmente não deveria ter mencionado somente esses três, porque há muitos mais que admiro?. Mesmo que a avaliação de Newman sobre si mesmo não esteja lá muito boa, ele não vê seu papel mais recente, no filme Estrada para Perdição, como seu canto do cisne. ?Provavelmente pareça mais com um canto do abutre do que com o canto do cisne. Parece que sou incapaz de me festejar?. A auto-estima de Paul Newman não corresponde com seu sucesso como ator. Veterano no cinema e com 78 anos de vida, Newman tem no currículo nove indicações ao Oscar. Ele ganhou a estatueta de melhor ator por A Cor do Dinheiro, de Martin Scorsese, em 1986. Fez-se justiça, embora Newman tavez ache que não merecesse. Newman fez parte do elenco de clássicos de extrema popularidade, como Butch Cassidy, Inferno na Torre, Doce Pássaro da Juventude, Golpe de Mestre e Gata em Teto de Zinco Quente. Ele diz que seu desejo atual é continuar trabalhando, mas ao lado da esposa, a atriz Joanne Woodward.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.