Para Jet Li, Hollywood deve se adaptar ao gosto chinês

O ator chinês Jet Li comenta sobre a relação entre Hollywood e o cinema chinês na estréia de seu novo filme Fearless em Hong Kong. Para o ator, se as bilheterias na China continuarem crescendo, Hollywood terá que se adaptar aos gostos locais e abrir oportunidades para que os atores chineses participem não apenas de filmes de ação, mas de comédias e dramas". "As pessoas sempre perguntam quando os filmes chineses chegarão a Hollywood. Se as audiências chinesas respeitam a propriedade intelectual e não assistem filmes piratas, não temos que chegar a Hollywood", disse Li, na estréia de seu filme neste domingo. "Muitos atores terão oportunidades. Quem não quer ganhar dinheiro? Quem quer perder a China?", pergunta Li.Os atores chineses que conseguiram chegar á Hollywood, como Li, Chow Yun-fat e Jackie Chan, atuaram quase exclusivamente em filmes de ação.O total de arrecadação das salas de cinema chineses em 2004 foi de cerca de US$ 186 milhões, e acredita-se que a cifra subiu para 2 bilhões de yuan, US$ 248 milhões, em 2005, de acordo com estatísticas oficiais.Trata-se de cifras insignificantes comparadas às das bilheterias americanas, mas as perspectivas de 1,3 milhões de espectadores são lucrativas.Li disse que não estava muito preocupado com a arrecadação de Fearless, a história do professor de artes marciais Huo Yuanjia, porque estava inspirado em fazer um filme sobre um homem com um espírito forte depois de ver as notícias sobre um suicídio."Não fiz o filme por dinheiro. Queria transmitir este pensamento", declarou à imprensa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.