Paparazzo atropelado por Keanu Reeves é brasileiro

O paparazzo que o ator Keanu Reeves atropelou com seu Porsche 1996 na segunda-feira, 19, em uma área próxima ao centro de Los Angeles, é brasileiro e se chama Alison Silva. Segundo informou nesta quarta o jornal inglês The Sun. O protagonista dos filmes Matrix e Velocidade Máxima, de 42 anos, atingiu o fotógrafo quando saía de um estacionamento em uma área residencial próxima ao campo de golfe do condado Los Verdes, cerca 48 quilômetros ao sul do centro de Los Angele. Ao invés de socorrê-lo, o astro tentou abandonar rapidamente o local do acidente. O brasileiro, de 27 anos, admitiu que temeu por sua vida. "Nunca ninguém tinha me atacado antes assim. Parecia que queria me matar", declarou o paparazzo. De acordo com Silva, Reeves o atropelou e escapou do local, e só parou quando uma testemunha chamou a polícia. "Ele estava fugindo mas viu que alguém fez um telefonema e se deu conta de que essa pessoa tinha visto o ocorrido", contou ele. Reeves estava saindo da clínica Torrance, na Califórnia, onde está realizando um tratamento de desintoxicação por abuso no uso de drogas e álcool.Um ´acidente´ Segundo o The Sun, Silva esperava o ator em uma rua pública e tirou uma fotografia de Reeves entrando no carro. O fotógrafo disse, do hospital onde está internado, que depois de ter tirado a foto "ele veio para cima de mim". "Deu um ´cavalo de pau´ e dirigiu até onde eu estava. O automóvel me atingiu no joelho e eu caí no chão. Keanu passou dizendo, ´meu Deus, o que eu fiz´", continuou o brasileiro. Alison Silva foi internado no hospital com fratura no braço e outros ferimentos. Após o acidente, a polícia prendeu o ator, que mais tarde foi liberado. "O senhor Reeves disse que estava tentando dar a volta. Quando realizava essa manobra, o fotógrafo gritou ´meu joelho´ e Reeves parou", declarou uma fonte policial.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.