Oscar pode ter batido recorde negativo de audiência nos EUA

A 80a cerimônia do Oscar, dominada por astros europeus e filmes de fraca bilheteria, pode ter batido um recorde negativo de audiência televisiva nos Estados Unidos, segundo dados preliminares da Nielsen Media Research, divulgados na segunda-feira. O show com mais de três horas, transmitido pela ABC e apresentado por Jon Stewart, teve uma média nacional de 21,9 pontos de audiência nos 56 mercados monitorados pela Nielsen. Cada ponto equivale a 1 por cento dos 78,8 milhões de lares nessas cidades, que representam 70 por cento da população norte-americana. As cifras nacionais devem ser divulgadas ainda na segunda-feira. O número preliminar fica abaixo do de 2003, considerado o Oscar menos visto desde que a festa começou a ser transmitida pela TV, em 1953. Realizada logo depois do início da ocupação militar dos EUA no Iraque, aquela cerimônia deu média de apenas 25,5 pontos. A média nacional foi de 20,4 pontos. Em termos absolutos, o evento de 2003 foi visto por 33,05 milhões de espectadores, menor número desde 1974, quando começou a medição de audiência. O mau resultado do domingo passado já era esperado devido ao pouco entusiasmo que os concorrentes despertaram no público.

STEVE GORMAN, REUTERS

08 Fevereiro 2025 | 19h32

Mais conteúdo sobre:
FILME OSCAR AUDIENCIA

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.