Oscar encerra prazo de inscrição para filmes estrangeiros

Com o encerramento nesta terça-feira do prazo de inscrições na categoria filmes estrangeiros, começa a seleção dos cinco filmes que concorrerão a 79.ª edição do Oscar. "Cinema, Aspirinas e Urubus", de Marcelo Gomes, foi escolhido para representar o Brasil.No total, a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas convidou 83 países para que entrem na competição pela estatueta.Vai concorrer a uma vaga, com "Cinema, Aspirinas e Urubus"o novo filme de Pedro Almodóvar, "Volver", tragicomédia selecionada pela Academia espanhola.Foi uma escolha esperada em Hollywood, onde o filme espanhol é um dos favoritos da crítica americana. Além desta categoria, "Volver" também aparece nas apostas como melhor filme, melhor diretor e melhor atriz, para Penélope Cruz.Com duas estatuetas, uma na categoria de filme estrangeiro por "Tudo Sobre Minha Mãe" e outra na de roteiro original com "Fale com Ela", Almodóvar disse à imprensa que a escolha foi a mais adequada.A Itália, país com maior número de estatuetas na categoria de filme estrangeiro, indicou o filme "Nuovomondo" ("Golden Door"), de Emanuele Crialese, sobre o êxodo de uma família siciliana aos EUA no começo do século 20. A França concorre com "Fauteuils D´Orchestre". Dirigido por Daniele Thompson, filha do diretor Gérard Oury, e com roteiro de seu filho Christopher Thompson, o filme narra a história de uma mulher do povo que encontra um trabalho como garçonete na prestigiosa Avenida de Montaigne em Paris.Caso as apostas da crítica americana se confirmem, o espanhol estará entre os cinco candidatos que serão anunciados em 23 de janeiro de 2007.O México confirmou na sexta-feira o último filme de Guillermo del Toro, "O Labirinto do Fauno", como seu representante oficial. O filme foi um dos favoritos no último Festival Internacional de Cannes, realizado na França, e sua história fantástica, que tem o pós-guerra espanhol como cenário, é uma das estréias mais esperadas nos EUA, que acontece no dia 29 de dezembro."Foi um acordo que fizemos os três porque somos amigos e porque o filme de Guillermo é o mais adequado", declarou à EFE o realizador mexicano Alejandro González Iñárritu, se referindo a del Toro e a seu compatriota Alfonso Cuarón.Cuba e Colômbia, apostaram em seus filmes com melhor desempenho nas bilheterias, "El Benny" e "Soñar no Cuesta Nada", respectivamente.Outros países apostam em filmes totalmente internacionais como é o caso da produção luxemburguesa "Your Name is Justine", dirigida pelo venezuelano Franco de Peña e falado em inglês, alemão e polonês, ou o canadense falado em hindi (língua falada na Índia) "Water", de Deepha Mehta.A Academia mantém a exigência que o filme seja falado em outra língua que não o inglês, mas ele já não precisa ser na língua do país que representa.Outras mudanças nesta sempre polêmica categoria - por causa da sua grande diversidade - afetam o processo de seleção. Agora a pré-seleção incluirá também os membros da Academia em Nova York e contará com dois comitês prévios, um de voluntários, do qual sairão nove favoritos, e um segundo grupo que se encarregará de reduzir o número a cinco candidatos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.