Oscar e Meryl Streep causam alvoroço nas mídias sociais

O Oscar deu à comunidade online muito que falar no domingo, à medida que o número de comentários nas mídias sociais sobre a grande noite de Hollywood mais que triplicou em relação ao ano passado, sinal de que os telespectadores se conectaram com o show.

ALEX DOBUZINSKIS, REUTERS

27 Fevereiro 2012 | 10h34

O Oscar deste ano deixou a web em alvoroço por causa do primeiro Oscar da Meryl Streep desde 1983, do perigoso decote do vestido da cantora e atriz Jennifer Lopez e da impressionante semelhança entre o produtor francês Thomas Langmann, do filme "O Artista", e o ator Peter Lorre, que faleceu em 1964.

A empresa de rastreamento da Internet Bluefin Labs contabilizou 3,4 milhões de comentários relacionados ao Oscar no Facebook e no Twitter, estatística maior que os 966 mil da transmissão da cerimônia de 2011.

Os números provavelmente serão significativos para os produtores do Oscar, que podem apontar o alto nível de engajamento dos telespectadores com as mídias sociais para arrecadar maiores receitar com publicidade no espetáculo do próximo ano.

A celebridade do Oscar mais mencionada pelos comentaristas do Oscar no domingo à noite, de acordo com a Bluefin, foi Meryl Streep.

A atriz de 62 anos ganhou o terceiro Oscar de sua carreira por seu papel como a ex-primeira-ministra britânica Margaret Thatcher em "A Dama de Ferro".

O produtor francês Langmann, apesar de ser bem menos famoso que Meryl Streep, tornou-se um dos assuntos mais comentados no Twitter, quando ele veio ao palco para receber o prêmio de melhor filme por "O Artista" e atraiu comparações com Lorre, que apareceu em filmes clássicos como "Casablanca" e "Relíquia Macabra".

Jennifer Lopez também agitou os usuários do Twitter quando apareceu no palco com Cameron Diaz para apresentar o prêmio de melhor figurino e melhor maquiagem. Muitos telespectadores acreditaram que Jennifer, cujo vestido revelava um considerável decote, havia mostrado parte de seu mamilo esquerdo.

Apesar de "O Artista" conquistar o melhor filme no Oscar, o indicado concorrente "As Invenções de Hugo Cabret", de Martin Scorsese, -outra homenagem à era do cinema mudo- foi o filme mais mencionado nesta categoria, de acordo com a Bluefin Labs.

Mais conteúdo sobre:
FILMEOSCARMIDIAS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.