Oscar de melhor ator coadjuvante deve ir para Javier Bardem

Seu grande concorrente é Philip Seymour Hoffman, ganhador do Oscar de melhor ator de 2006 por 'Capote'

Teresa Ribeiro, Marina Ramos, Bianca Pinto de Lima, do estadao.com.br

08 Fevereiro 2024 | 20h35

O tipo de cabelo cortado Chanel que mata com tranqüilidade absurda faz de Javier Bardem o forte candidato do ano ao Oscar 2008 de coadjuvante. Seu grande concorrente é Philip Seymour Hoffman, ganhador do Oscar de melhor ator de 2006 por Capote.   Veja também: Artistas chegam para a festa Os indicados ao Oscar 2008 Enquetes populares apontam 'Juno' como preferido para Oscar Confira a lista completa dos indicados ao Oscar 2008      Javier Bardem   Segundo a preferência da crítica, Javier Bardem merece ganhar o Oscar de Melhor Ator Coadjuvante por sua atuação em Onde os Fracos não Têm Vez. Na produção, que recebeu no total 8 indicações ao prêmio, Bardem vive um matador frio e psicótico.   Vindo de uma família de atores, Bardem nasceu em Las Palmas, nas Ilhas Canárias, Espanha. Sua primeira aparição na TV foi aos 4 anos no seriado El Pícaro. No cinema, Bardem ficou conhecido com Antes do Anoitecer (2000), com o qual recebeu sua primeira indicação ao Oscar. Antes disso atuou em Jamón, Jamón, de Bigas Luna, considerado o filme a partir do qual sua carreira ganhou impulso e Carne Trêmula, de Pedro Almodóvar, que foi uma espécie de consagração. Destacou-se em Mar Adentro (2004), e atuou ainda em Sombras de Goya (2006), Colateral (2004) e O Amor nos Tempos do Cólera (2007).         Casey Affleck   O ator americano Casey Affleck, irmão do também ator Ben Affleck, disputa este ano o Oscar de Melhor Ator Coadjuvante por O Assassinato de Jesse James pelo Covarde Robert Ford, filme que também lhe rendeu uma indicação ao Globo de Ouro.   Affleck é mais conhecido por sua atuação nas produções Onze Homens e Um Segredo, Doze Homens e Um Outro Segredo e do último Treze Homens e Um Novo Segredo. O ator também trabalhou na comédia American Pie.     Philip Seymour Hoffman   Ganhador do Oscar e do Globo de Ouro de melhor ator em 2006 por sua atuação em Capote, o ator americano Philip Seymour Hoffman concorre este ano ao prêmio de Melhor Ator Coadjuvante pelo longa Jogos do Poder. O drama é baseado na experiência do congressista texano Charlie Wilson que, mesmo sob disfarce, passou momentos tensos no Afeganistão.   Hoffman atuou em Missão: Impossível 3 (2006), Quero Ficar com Polly (2004), Quase Famosos (2000), Felicidade (1998), Patch Adams - O Amor é Contagioso (1998), entre outros.       Tom Wilkinson   Ator britânico, Tom Wilkinson, 60, formado em literatura e língua inglesa, começou a trabalhar em cinema e televisão na metade dos anos 70, especializando-se em interpretar homens com problemas emocionais. Atuou em inúmeros filmes, foi o amante de Oscar Wilde em Wilde (1997), participou do elenco de Shakespeare Apaixonado (1998), O Patriota (2000). Foi indicado ao Oscar de melhor ator por Entre Quatro Paredes (2001) e agora recebe uma indicação como coadjuvante por Conduta de Risco, estrelado por George Clooney.     Hal Holbrook   Conhecido dos palcos norte-americanos, o ator Hal Holbrook fez papéis importantes como coadjuvante em A Firma, ao lado de Tom Cruise, e como informante em Todos os Homens do Presidente. Agora ganha uma indicação ao Oscar por Na Natureza Selvagem, se Sean Penn, no qual faz o papel de um viúvo solitário cujo apoio é fundamental para o jovem andarilho Chris McCandless (Emile Hirsh), neste filme que vai além do estilo "pé na estrada". Preste atenção na trilha sonora do filme, que marca a estréia-solo do líder o Pearl Jam, Eddie Vedder.

Mais conteúdo sobre:
Oscar 2008

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.