Oscar de 'Cidadão Kane' pode ser leiloado por mais de US$1 mi

Um roteiro de 156 páginas de "CidadãoKane", de Orson Welles, e o Oscar que o cineasta recebeu peloroteiro do filme deverão ser leiloados na próxima semana pelaSotheby's, que prevê que alcancem preço superior a 1 milhão dedólares. O Oscar é o único prêmio da Academia de Artes e CiênciasCinematográficas que o aclamado roteirista, diretor, ator eprodutor recebeu pelo filme de 1941, considerado por muitoscomo um dos maiores filmes já feitos no mundo. "O American Film Institute apontou 'Cidadão Kane' como omaior filme de todos os tempos, não apenas uma vez, mas duas. Ofilme foi absolutamente inovador quando foi lançado, em 1941",disse Lee Dunbar, vice-presidente da Sotheby's responsável peloleilão. A obra de Welles sobre a vida de um magnata sedento pelopoder e com aspirações políticas foi inteiramente diferente dasfantasias, dos melodramas e dos filmes escapistas feitosdurante a Grande Depressão. "'Cidadão Kane' inaugurou toda uma nova eracinematográfica, de técnicas de iluminação, de técnicas decâmera e de maneiras de contar uma história", disse Dunbar àReuters. O Oscar será vendido pela Fundação Dax, de Los Angeles, umgrupo sem fins lucrativos que apóia causas ligadas à educação,saúde e outras questões. Ele foi vendida à fundação em 2003pela filha mais jovem de Orson Welles, Beatrice. O último rascunho revisto do roteiro final usado nasfilmagens, completo com anotações feitas em lápis de cera azul,também será colocado em leilão pela Sotheby's em 11 de dezembroem Nova York. "Acreditamos que muitos dos traços de lápis de cera azulriscando diálogos foram feitos pelo próprio Welles, que eraconhecido por fazer isso. E o comprador verá trechos inteirosdo roteiro que foram reescritos para aguçar os diálogos e ospersonagens", disse Dunbar. O Oscar de melhor filme conquistado por David O. Selznickpor "E o Vento Levou" foi vendido em 1999 por 1,5 milhão dedólares.

REUTERS

07 de dezembro de 2004 | 18h16

Tudo o que sabemos sobre:
FILMECIDADAOKANE

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.