Warner Bros
Warner Bros

Oscar 2020: Principais concorrentes tiveram bilheterias de sucesso

Este foi o segundo ano consecutivo em que a Academia destacou filmes amplamente vistos, rompendo com uma tendência de homenagear produções independentes

Lisa Richwine, Reuters

04 de fevereiro de 2020 | 21h35

LOS ANGELES — Do sucesso bilionário de Coringa a um das maiores bilheterias de Quentin Tarantino, muitos dos indicados a melhor filme no Oscar 2020 atraíram multidões aos cinemas.

Este foi o segundo ano consecutivo em que os eleitores da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas dos Estados Unidos destacaram filmes amplamente vistos, rompendo com a tendência de homenagear produções independentes, como Moonlight: Sob A Luz do Luar e Guerra Ao Terror, exibidas a públicos menores.

Seis dos nove concorrentes ao prêmio mais cobiçado da indústria, que será entregue no domingo, arrecadaram mais de US$ 100 milhões em todo o mundo, de acordo com dados do Box Office Mojo. Coringa lidera o grupo com US$ 1,07 bilhão.

A seguir vem a declaração de amor de Tarantino ao cinema dos anos 1960, Era Uma Vez... Em Hollywood, com US$ 389,3 milhões – a segunda melhor bilheteria de sua carreira.

E tanto o épico da Primeira Guerra Mundial 1917 quanto o drama de corrida da década de 1960 Ford vs Ferrari renderam mais de US$ 200 milhões em todo o mundo.

As vendas de ingressos consideráveis mostraram que em 2019 o público procurou dramas voltados a adultos, e não somente os filmes de super-herói e as sequências que dominam as salas de cinema modernas, disse Alison Willmore, crítica de cinema da revista Vulture.

“Foi um ano animador neste sentido”, opinou Willmore. “Isso contrariou a narrativa segundo a qual os únicos filmes que as pessoas realmente vão ver em grandes multidões são franquias.”

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.