ONU será cenário de filme sobre Che Guevara

A sede da Organização das Nações Unidas (ONU) permitiu, pela segunda vez em sua história, que sua sede em Nova York seja palco de uma produção cinematográfica, a do filme "Che", que recria a vida de Che Guevara. O primeiro filme que teve as instalações da ONU como cenário foi "A Intérprete", dirigido por Sydney Pollack.Com o ator porto-riquenho Benicio del Toro no papel do guerrilheiro argentino-cubano, a equipe do filme, dirigido por Steven Soderbergh, se deslocou para o edifício da ONU no fim de semana passado, informou o porta-voz da organização, Stephan Dujarric.O objetivo é recriar o famoso discurso de Che na Assembléia Geral da ONU no ano de 1964, poucos anos antes dele ser assassinado na Bolívia, em outubro de 1967.A entidade costuma dizer "não" aos diretores que demonstraram interesse em filmar na sede nova-iorquina. Essa atitude, por exemplo, obrigou Alfred Hitchcock a usar cenários artificiais em alguns das seqüências de "Intriga Internacional".O diretor Sydney Pollack foi o primeiro a obter autorização. Isso aconteceu no momento em que o secretário-geral da ONU, Kofi Annan, estava empenhado em melhorar a imagem da organização.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.