'Onde os Fracos Não Têm Vez' recebe oito indicações ao Oscar

"Onde os Fracos Não Têm Vez", um filme sangrento sobre o declínio moral, e "Sangue Negro", sobre um pioneiro da exploração do petróleo na Califórnia, lideraram as indicações para a 80a edição do Oscar, anunciadas nesta terça-feira pelos organizadores. Cada filme irá concorrer em oito categorias. "Desejo e Reparação", um romance de época britânico, recebeu sete indicações, assim como thriller "Conduta de Risco". As quatro produções disputam o Oscar de melhor filme, ao lado da inusitada comédia sobre gravidez adolescente "Juno". A animação de sucesso "Ratatouille" concorrerá em cinco categorias, enquanto "Juno" e o drama francês "O Escafandro e a Borboleta" ficaram com quatro indicações cada. Os diretores de "Onde os Fracos Não Têm Vez", "Sangue Negro", "Juno", "Conduta de Risco" e "O Escafandro e a Borboleta" irão concorrer ao Oscar da categoria. Na disputa pelo Oscar de melhor ator, George Clooney, astro de "Conduta de Risco", disputa com Daniel Day-Lewis por "Sangue Negro", Johnny Depp por "Sweeney Todd: O Barbeiro Demoníaco da Rua Fleet", Tommy Lee Jones por "No Vale das Sombras" e Viggo Mortensen por "Senhores do Crime". A atriz australiana Cate Blanchett recebeu duas indicações, por seu papel principal em "Elizabeth: A Era de Ouro" e na categoria coadjuvante por sua interpretação de Bob Dylan em "I'm Not There". Na categoria de melhor atriz também estão a veterana inglesa Julie Christie por "Longe Dela", a francesa Marion Cotillard por "Piaf -- Um Hino ao Amor", Laura Linney por "The Savages" e a canadense Ellen Page por "Juno". A entrega dos prêmios da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas dos Estados Unidos acontece em Hollywood no dia 24 de fevereiro. A greve dos roteiristas norte-americanos, em sua 12a semana, pode forçar os organizadores a mudar o formato da cerimônia caso o impasse não tenha sido resolvido até lá. O Sindicato dos Roteiristas dos EUA disse que faria protestos no evento, e o Sindicato dos Atores reiterou na segunda-feira que seus membros não furarão o piquete para participar da maior noite do ano em Hollywood. (Por Dean Goodman e Steve Gorman)

REUTERS

08 Janeiro 2022 | 12h42

Mais conteúdo sobre:
FILME OSCAR LIDERAM

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.