Sony Pictures
Sony Pictures

Olivia Colman e Anthony Hopkins estão juntos em história sobre demência no filme 'Meu Pai'

Escrito e dirigido por Florian Zeller, o filme leva o público para dentro da mente de alguém lidando com a demência

Alicia Powell, Reuters

26 de fevereiro de 2021 | 08h03

A dupla de vencedores do Oscar Anthony Hopkins e Olivia Colman se juntou para contar uma complexa história sobre demência no novo filme Meu Pai. Produção tem quatro indicações para o Globo de Outro e previsão de estreia no Brasil em 8 de abril. . 

Escrito e dirigido por Florian Zeller, o filme sobre família, amor e perdas coloca Hopkins e Colman nos papéis de pai e filha, levando o público para dentro da mente de alguém lidando com a demência.

"Eu nunca vi nada escrito a partir daquele ponto de vista antes", disse Colman. "Mas ficar tão confusa quanto e estar com ele nessa confusão, e de repente entender que, oh! é daquele jeito que ele está se sentindo. Foi brilhante". 

"Eu fiquei absolutamente grudada. E eu achei que foi uma maneira original e linda de tentar expressar isso, essa condição tão triste", disse Colman.

Em seu primeiro longa-metragem da carreira, o diretor francês contou que espera que o público aceite para que possa entender o filme em um nível superior e emocional. 

"Eu quero que as pessoas abram o coração para se identificar com essa emoção puramente humana", disse Zeller.

Meu Pai foi publicado primeiramente como uma peça em 2012, com produções premiadas na França, Londres e Nova York. Uma versão francesa do filme foi produzida em 2015. 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.