Rafiz Maebool/Reuters
Rafiz Maebool/Reuters

Oliver Stone é homenageado no Festival de Mumbai

Diretor já ganhou três Oscars em sua carreira de três décadas

Shilpa Jamkhandikar, Reuters

28 de outubro de 2010 | 15h48

O diretor Oliver Stone receberá nesta quinta-feira o Lifetime Achievement Award, um prêmio pelo conjunto de sua obra, no 12º Festival de Cinema de Mumbai, na Índia.

"Ele nunca hesitou em enfrentar qualquer assunto, não importando a sensibilidade do tema. Ele definitivamente merece nosso respeito", disse à Reuters Srinivasan Narayanan, diretor do festival. "Ele é um dos cineastas mais prolíficos que temos hoje."

O último filme de Stone, Wall Street - O Dinheiro Nunca Morre, uma sequência de seu clássico de 1987 Wall Street, teve renda moderada nas bilheterias.

O diretor disse que já esperava a decepção de algumas pessoas. "Eu acho que (o filme) pode desapontar algumas pessoas por não ser o antigo Wall Street, mas eu nunca refaria aquele filme. Esse é o novo Wall Street e, em muitos sentidos, ele é pior. É mais difícil", disse.

Stone já ganhou três Oscars em sua carreira de três décadas, explorando temas como guerra, ganância e política.

O cineasta, de 64 anos, afirma que seu principal objetivo ao visitar a Índia era apresentar ao público local seu épico de 2004 Alexander, numa versão reeditada com quatro horas de duração.

"Alexander é uma produção que demorou três anos, e a nova versão muda a estrutura do filme - permitindo entender os relacionamentos no filme", disse Stone em coletiva de imprensa.

O filme tem no elenco as estrelas Angelina Jolie, Colin Farrell e Anthony Hopkins e partes da produção rodadas na Índia.

O 12º Festival de Cinema de Mumbai começou no dia 21 de outubro com o filme A Rede Social, de David Fincher.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.