Chris Pizzello/Invision/AP
Chris Pizzello/Invision/AP

Objetos de 'Rambo' e 'Rocky' vão a leilão promovido por Sylvester Stallone

Ator também trabalha em dois novos filmes com os personagens; veja itens que estarão à venda

AP

30 Julho 2015 | 10h41

LOS ANGELES - Sylvester Stallone está cedendo itens de memorabilia de Rocky e Rambo, mas ao mesmo tempo vai manter os dois personagens vivo na tela.

O ator de 69 anos anunciou nesta quinta-feira, 30, que vai colocar centenas de itens e roupas da sua carreira de quatro décadas em um leilão em outubro, com uma parte dos lucros dedicada à instituições de caridade militares.

Alguns itens que Stallone concordou em vender incluem a jaqueta do exército de Rambo e luvas, roupões e calções de boxe de Rocky.

Mas o ator não está dizendo adeus aos personagens. Pelo contrário, já está certo que ele volta a ser Rocky Balboa nos cinemas em Creed, estreia deste ano, e já trabalha em um novo Rambo.

Stallone disse que o fascínio de hoje em dia com super heróis cinematográficos deixa pouco espaço para os personagens "lobo solitário" e "homem contra as possibilidades" que ele gosta de interpretar. "Isso é meio que o motivo de eu ainda estar por aí, porque eu abraço isso e isso se torna uma raridade, não sobraram muitos de nós", afirmou em uma entrevista recente.

"Esse sentimento vai voltar algum dia? Eu acho que não. Não na sua forma mais pura... Então eu abraço e é por isso que eu quero continuar a fazer até que o meu corpo exploda", continuou.

O primeiro filme a ser lançado é Creed, do diretor e roteirista Ryan Coogler. Stallone é Rocky, mas dessa vez ele é treinador de um jovem boxeador interpretado por Michael B. Jordan.

"Isso não é o Rocky 7", disse Stallone. "Isso é uma jornada para Michael B. Jordan, que está brilhante no filme, e Ryan Coogler, para quem este é um filme muito pessoal."

Trabalhando atualmente em um roteiro para um novo Rambo, Stallone admitiu que "não é lá muito divertido".

Ele acha que o personagem ainda é envolvente - "enquanto Rocky é o símbolo do otimismo, esse cara é o contrário" - mas acha que escrever é mais desafiador do que qualquer outra disciplina artística.

"Rambo já atirou em todo mundo, não sobrou ninguém", brincou o ator. "Agora só temos esquimós e pinguins."

Enquanto os fãs aguardam os novos filmes, eles podem dar lances no leilão da Heritage Auctions, nos dias 14 e 15 de outubro deste ano.

Mais conteúdo sobre:
Sylvester Stallone

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.