"O Tigre e o Dragão" ganha três Spirit Awards

O Tigre e o Dragão foi o grande vencedor dos Spirit Awards, o prêmio para o cinema independente que é entregue anualmente na véspera da cerimônia do Oscar. Na festa em Santa Mônica, na Califórnia, o filme do taiwanês Ang Lee ganhou os prêmios de melhor filme, melhor diretor e melhor atriz coadjuvante, para Zhang Ziyi. Outros vencedores da festa foram Javier Bardem (melhor ator, por Antes do Anoitecer), Willem Dafoe (melhor ator coadjuvante, por Shadow of the Vampire) e Ellen Burstyn (melhor atriz, por Requiem for a Dream). You Can Count on Me, de Kenneth Lonergan, levou os prêmios de melhor filme de estréia e melhor roteiro. A comédia Chuck & Buck ganhou na categoria de melhor filme com orçamento menor do que US$ 500 mil. Dançando no Escuro, do dinamarquês Lars Von Trier (vencedor da Palma de Ouro no Festival Internacional de Cinema de Cannes, na França, no ano passado), foi o ganhador da categoria de melhor filme em língua estrangeira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.