"O Olhar da Inocência" estréia em São Paulo

No Brasil se chama O Olhar da Inocência. No original francês é Les Enfants du Marais, as crianças do Marais. É uma região do Vale do Loire, na França. O Olhar da Inocência pode ser justificado pelo fato de que o filme de Jean Becker vê a vida do adultos filtrada pelo olhar de uma menina. Amores, amizades, disputas. Só que Les Enfants duMarais talvez possua um significado mais ambivalente. Refere-se aos próprios adultos, que muitas vezes (quase sempre) se comportam como crianças nesse filme.É basicamente a história de dois homens: um bebe demais, o outro permanece traumatizado pela experiência na 1.ª Grande Guerra, pois a ação de O Olhar da Inocência se passa nos anos 30. E há um terceiro que fez sucesso fora de sua cidade, virou um grande industrial, mas volta para reatar a amizade. Tudo filmado em belas paisagens naturais, pois os personagens ora pescam, ora colhem flores e frutos para vender, atendendo a suas necessidades de sobrevivência.Becker se baseou num livro de George Montforez, adaptado pelo roteirista Sébastien Japrisot, que também assina os diálogos. Na França, a crítica foi dura com O Olhar da Inocência. Acusoua direção de investir num cinema antigo, feito de olho no público interiorano, tradicionalmente mais conservador. Não poupou especialmente a amizade que o diretor propõe como elemento para transpor a barreira (ou a luta) de classes,promovendo a confraternização do industrial como o (meio) lúmpen. É denegrir certas qualidades que o filme possui.Preste atenção na música de Pierre Bachelet. Ela reforça um sentimento de nostalgia que percorre as imagens de O Olhar da Inocência. E a história da amizade (e suas conseqüências) émesmo bonita. Jean Becker é filho de Jacques Becker, um dos grandes do cinema francês nos anos 40 e 50. Ele chegou a dirigir alguns planos da obra-prima A um Passo da Liberdade, quandoo pai ficou doente. Seus policiais com Belmondo são bem-feitos, mas o maior sucesso do diretor, Verão Violento, deve mais à sensualidade da atriz Isabelle Adjani que ao talento do cineasta.O Olhar da Inocência (Les Enfants du Marais). Drama. Direção de Jean Becker. Fr/99. Duração: 115 minutos. Espaço Unibanco 2, às 14h40, 17 horas, 19h20 e 21h40. Livre.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.