O novo caminho do cinema independente

O produtor Jeremy Thomas, homenageado com um prêmio como produtor independente, afirmou em Locarno que a atual dificuldade de distribuição de filmes que escapam à visão padronizada americana não chega a ser dramática. ?O surgimento do DVD e da possibilidade cada vez maior de se carregar filmes pela Internet favorecem o cinema independente, pois ele não depende mais da distribuição para sobreviver?.O Festival de Locarno premia anualmente um produtor independente. Jeremy Thomas foi o produtor de Bernardo Bertolucci com seu Último Imperador e ainda mantém esse gosto por produções de grandes orçamentos. O sucesso veio quando tinha apenas trinta e poucos anos. Continua sendo o produtor de Bertolucci, como é também de Wim Wenders e David Cronenberg.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.